International Congress on Antiphospholipid Antibodies (aPL)

Português

O CONGRESSO INTERNACIONAL DE ANTICORPOS ANTIFOSFOLIPIDES (AAF) é realizado a cada 3 anos para discutir os avanços recentes e direcionamento no tratamento dos AAFs e da Síndrome Antifosfolipide (SAF).
Este ano, o congresso será realizado entre os dias 21 – 24 de Setembro de 2016 em Istambul, na Turquia, e será presidida pelo Professor Doruk Erkan.
Durante o congresso, o workshop para pacientes será realizado no dia 24 de setembro de 2016 e abordará os tópicos abaixo e darão a oportunidade aos pacientes de conversar com profissionais que possuem expertise em uma área específica da síndrome antifosfolipide e do Lúpus
  • Imunologia Básica para pacientes com SAF e Lúpus
  • A SAF e o Lupus:
    * Manifestações Clínicas
    * Doença Renal
    * Gerenciamento das doenças
    * Estratégias de prevenção e controle
    * Gravidez
    * A importância da adesão ao tratamento
  • SAF Pediátrica e Lupus
Você pode fazer a sua inscrição online e ler mais sobre o congresso no site do congresso

Fonte: http://hughes-syndrome.blogspot.com/2016/01/15th-international-congress-on.html acessado em 27/01/2016

English:

The International Congress on Antiphospholipid Antibodies (aPL) is held every three years to discuss the recent advances and future directions in aPL and Antiphospholipid Syndrome (APS).
The year the is being held on 21st-24th September 2016 in Istanbul, Turkey and will be chaired by Professor Doruk Erkan.
During the Congress, a Patient Workshop is taking place on 24th September 2016 that will cover the topics listed below and will provide an opportunity for patients to consult with professionals who have expertise in a particular area of antiphospholipid syndrome and lupus:
  • Basic Immunology for APS and lupus patients
  • Antiphospholipid syndrome and lupus:
    • Clinical Manifestations
    • Kidney Disease
    • Management
    • Damage and Prevention Strategies
    • Pregnancy
    • Importance of Drug Adherence
  • Pediatric Antiphospholipid syndrome and lupus
 You can register online and read more about the congress by clicking here.

Source: http://hughes-syndrome.blogspot.com/2016/01/15th-international-congress-on.html acessado em 27/01/2016

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Nova Pesquisa sobre Lúpus / Breakthrough Research on Lupus

Português

Olá,

Apesar da matéria ter sido publicada no ano passado, e considerando as novas descobertas da Universidade da Flórida sobre a cura do lúpus, acho importante divulgar aqui também a matéria sobre um novo tratamento para o lúpus com um medicamento baseado em plantas que, de acordo com as pesquisas em camundongos, não possui efeitos colaterais conhecidos. Já imaginou? Um medicamento natural sem efeitos colaterais? Parece um sonho…
Como a Síndrome Antifosfolipide e o Lúpus são doenças autoimunes que se relacionam, é bom que os pacientes da SAF e  do Lúpus fiquem sabendo, especialmente porque há muitos pacientes que tem ambas as doenças e, se esse novo tratamento , eles podem se beneficiar com ele.

Nova Pesquisa sobre o Lupus

English

Hello,

Even though this article is one year old and considering the new findings from the Florida University on the cure of lupus, I think it is important to raise awareness of this novel treatment for lupus based on plant-derived compound  that, according to the research in murines, has no known side effects. Do you believe that? A natural treatment without side effects? It seems like a dream come true…
To read the article, click in the link to the report:
http://bionews-tx.com/news/2014/09/23/breakthrough-research-at-uh-may-lead-to-novel-natural-derived-lupus-treatment/

Publicado em Saúde/ Health | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Estudo relaciona Xarelto a Sangramentos no Estômago e nos Olhos

Xarelto and Bleedings

Publicado por Michelle Llamas no dia 2 de julho de 2015 e arquivado nas Noticias de Litigios Atuais

Novos estudos podem levantar questões sobre a segurança  do sucesso de vendas da Johnson & Johnson, o anticoagulante Xarelto  –  mais notoriamente acerca da possibilidade de aumento nos sangramentos estomacais e hemorragias oculares.

No primeiro estudo, Drs. Judy H. Hun e John C. Hwang reportaram que  pacientes idosos (com idades entre 70 e 80 anos) que mudaram a medicação da varfarina (marevan, Coumadin) para Xarelto (rivaroxiban) sofreram “hemorragia vitrea” – um sangramento que ocorre entre a lente e a retina dos olhos – que foi confirmado através de exames.

Os pacientes que anteriormente tomavam varfarina, assim que  começaram a dimunir a dose e  a tomar Xarelto, os sangramentos começaram. Os médicos reportaram os casos na edição de junho do JAMA de Oftalmologia.

Em todos os casos, uma hemorragia vitrea aguda ocorreu um pouco depois que o tratamento com o rivaroxaban (Xarelto) começou. A hemorragia foi controlada espontaneamente e avaliações clínicas e angiográficas  não demonstraram quaisquer patologias oculares provocadas pela hemorragia”,  relatam Hun e Hwang em seu estudo.

Os autores também destacam que a medida que mais pacientes trocam a varfarina pelo Xarelto, os médicos devem estar cientes deste possivel efeito colateral e estar prontos para caso isso ocorra em seus pacientes.

Um segundo estudo, publicado na edição de abril do BMJ (Jornal Britânico de Medicina), mostrou que não era possível eliminar o maior risco de sangramentos no estômago, quando comparado com a varfarina.  O estudo coletou dados de cerca de 46.000 pacientes.

Os autores declararam que esses achados não são “inconsistentes com estudos prévios e não eliminam um aumento maior que 50% no risco com (Pradaxa) dabigatran e um risco duas vezes maior com o rivaroxaban (Xarelto). Gerentes farmacêuticos, seguradoras e fabricantes também podem usar esta informação para tomar decisões baseadas em evidências com relação ao grupo de pacientes que pode receber esse medicamento”, comentaram os autores.

Maior Risco de Sangramento em Pacientes Idosos

Em diversos estudos, foi evidenciado que pacientes com idade superior a 65 anos, sofreram a maioria dos sangramentos relacionados ao Xarelto.

Os resultados dos estudos apresentados na Associação Americana de Geriatria (AGS) durante o encontro científico atual de 2015, mostraram que 74% dos sangramentos ocorreram em pacientes com 75 anos ou mais  e, sangramentos fatais ocorreram em pacientes cuja idade média era de 82 anos.
Em 4 estudos em fase 3, novos anticoagulants, incluindo o Xarelto, aumentaram o risco de sangramento em 25%, quando comparados a varfarina. Apesar de no encontro, os pesquisadores terem elogiado a segurança desses novos anticoagulantes.

“As informações são baseadas em uma pesquisa observacional de 5 anos e reafirmam a segurança do Xarelto, inclusive em pacientes mais velhos, que possui um risco aumentado de eventos adversos, tais como sangramentos”, diz o investigador da pesquisa Dr W. Frank Peacock, diretor do departamento de pesquisa em Medicina de Emergência na Faculdade de Medicina de Baylor, Houston, Tx.

Suprema Corte vai identificar os Autores Principais dos julgamentos

Na Lousiana, o progresso continua na Litigação Multidistrital do Xarelto. Centenas de pessoas alegam que o Xarelto provocou sangramentos excessivos que levaram a óbito em alguns casos das ações movidas contra a Johson & Johnson e Bayer na Corte Federal. Outros 160 casos estão pendentes de procedimento nos tribunais da Pennsylvania.

Os advogados dos reclamantes da Louisiana e da Pennsylvania estão trabalhando juntos para que os processos tenham andamento.
“É bom ter ao menos uma alternativa se não em mais locais porque, como eu disse, um único juiz pode tentar julgar tantos casos”, diz a advogada Ellen Relkin, “Se tivermos ao menos um segundo juiz ou uma segunda jurisdição ou até mesmo uma terceira,  aumenta a possibilidade de levar mais casos à julgamento”.

Relkin, membro do comitê diretivo dos demandantes que supervision e coordena a troca de informações entre acusação e defesa, diz que espera que o número de casos cresça ainda mais a medida que o processo vá adiante. O grupo principal, de aproximadamente 300 casos está sendo analisado pelo Juiz Eldon Fallon, juiz conhecido por sua experiência em processos coletivos, incluindo o julgamento do caso vioxx. Agora, os advogados estão analisando os casos para selecionar cerca de 60 casos para serem eleitos como casos principais.

Fonte: http://www.drugwatch.com/2015/07/02/xarelto-linked-to-stomach-eye-bleeding/ Acessado em 04/07/2015

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , , , , | 1 Comentário

10 Coisas que você precisa saber sobre o Lúpus

Fonte: 10 Coisas que você precisa saber sobre o Lúpus

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Efeitos Colaterais do Xarelto / Xarelto Side Effects

PORTUGUESE

No começo do mês de dezembro, tive a oportunidade de ler um artigo, um tanto preocupante, considerando a quantidade de pacientes com a Síndrome Antifosfolipide que são aconselhados por seus médicos a utilizarem o medicamentos como  Xarelto e Pradaxa. O FDA está preocupado com os efeitos colaterais do Xarelto e tem rejeitado todas as petições para aprovação do Xarelto na prevenção da Síndrome Coronariana Aguda (SCA) Visite a página Artigos para acessar o artigo.

ENGLISH

Early this month, I had the chance to read an article, quite concerning, especially because of the number of APS patients that are advised by their doctors to take Xarelto or even Pradaxa. The FDA is concerned about Xarelto’s Side Effects and is rejecting all the pharmaceutical claims to use this medication in the prevention of ACS. Click on the  Articles to view the article.

Publicado em Uncategorized | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Histórico Familiar na SAF / Family History in APS/Hughes

Português

Enquanto procurava por conteúdos relevantes para postar no site, encontrei no NCBI ( National Centre for Biotechnology Information), site americano voltado para pesquisas de biotecnologia que, em parceria com o Lupus _ jornal médico internacional_ dedicado exclusivamente à pesquisas relacionadas ao Lupus e suas doenças afins _ publicou uma pesquisa realizada por 10 anos pelo Departamento de Reumatologia do Hospital Universitário de Bichat, Paris, sobre o histórico familiar de pacientes com SAF Primária e com SAF Secundária.
A conclusão que os pesquisadores chegaram após todo esse tempo de pesquisa é que Um histórico familiar positivo para doenças autoimunes e/ou síndrome antifosfolipide (SAF) é comum em pacientes com SAF Primária e SAF Secundária. Esses achados dão suporte à contribuição genética para a SAF. O percentual de histórico familiar positivo para doenças autoimunes tende a ser maior em pacientes com SAF Secundária do que aqueles com SAF primária.   

A pesquisa e informações estatísticas podem ser lidas na página APS in the News/ Artigos. Lá você encontrará o artigo tanto em Inglês quanto em Português.  Aproveitem a leitura.

English

While I was searching for relevant content to post, I have found in NCBI (National  Centre for Biotechnology Information), an American site designed to biotechnology researches, pubished in association with  Lupus _  an International medical journal dedicated exclusively in publishing researches related to Systemic Lupus Erythematosus (SLE) _ a research made for 10 years by the Rheumatology Departament of Bichat University, Paris,  about family history of patients with Primary APS (PAPS) and Secondary APS (SAPS).

After all this time of research, researches came to the following conclusion:

A positive family history for autoimmune disease and/or antiphospholipid syndrome is common in patients with PAPS or SAPS. This finding supports a genetic contribution to APS. The percentage of a positive family history for autoimmune disease tend to be higher in patients with SAPS than in those with PAPS.

The research and statistics information can be found at APS in the News/ Artigos page. There you will have the article both in English and in Portuguese. Enjoy the reading

Publicado em Saúde/ Health | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Novos Estudos em Recém Publicados

2014 tem sido um ano de muitas descobertas no campo da medicina, principalmente no que diz respeito à SAF e ao Lupus.
Um desses estudos foi publicado ontem e mostra que apesar da preocupação natural das mães com SAF e/ou Lupus, a grande maioria das crianças nascidas de mães com SAF e Lupus são saudáveis. Dentro de um grupo de 30 crianças, apenas 3 apresentaram dificuldade de aprendizado ou manifestações neurológicas que podem estar relacionadas à doença da mãe ou à prematuridade.

Leia mais no link abaixo.

http://diamundialdasaf.com.br/aps-in-the-news-artigos/

Publicado em Saúde/ Health | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário